Pesquisa personalizada

TV e VÍDEO

««« DOIS CLIQUES PARA ASSISTIR EM TELA CHEIA »»»

Atualização nos Satélites

Dica

:- SE OS VÍDEOS ESTIVEREM TRAVANDO, ASSISTA EM TELA CHEIA !!!!

«« RTP Internacional - PORTUGAL »»





















































sábado, 14 de julho de 2012

Sabe quem marcou o primeiro gol de um campeonato do Mundo?

Lucien Laurent (1907-2005)
Provavelmente nunca ouviu falar dele. Chama-se Lucien Laurent, passou por clubes modestos e contabilizou dez internacionalizações pelos "bleus". A 13 de Julho de 1930, apontou o primeiro gol de uma fase final de um campeonato do Mundo.

Era uma vez um franzino jogador. Quão franzino? Bom, media apenas 1m60 e era apelidado de “Pequeno Lulu”. Sem relação com a conhecida figura da animação infantil. Não se desligue da estória, vai gostar.
Esta figura é real, extravasa o mundo dos contos de fadas, é francesa de nacionalidade, viveu durante 97 anos, não se notabilizou nos compêndios da história do futebol, mas teve o privilégio de apontar o primeiro golo de um campeonato do Mundo. Já cativa?

Vamos a uma viagem no tempo. Regressemos a 13 de Julho de 1930 e façamos o exercício de imaginar, o mais fielmente possível, o relato que o próprio Lucien Laurent se encarregou de fazer, ao jornal britânico “The Independent” sobre o momento que protagonizou mas que, de forma modesta, até catalogou de apenas banal.

“Naquela altura, nem me apercebi da importância do golo. Não foi nada de especial”, atirou, de forma humilde.

Voltemos ao futebol. México-França, primeira jornada do Mundial disputado no Uruguai. “O nosso guarda-redes adiantou a bola para o defesa-central que, por seu turno, passou para o lateral-direito, o Liberati. Ele correu, bateu o defesa-esquerdo do México e efectuou o cruzamento que eu desviei, em vólei, para o canto da baliza”.

Os “bleus” venceriam por 4-1, entrando com o pé direito no campeonato do Mundo. Não iriam muito longe, porém. As derrotas nos dois jogos seguintes ditaram o afastamento dos europeus da prova logo na fase de grupos.

Eram tempos diferentes. A selecção da França viajou de barco da Europa para a América do Sul e a viagem durou duas semanas. Os jogadores até treinavam em pleno barco, com sessões bidiárias.

Lucien não seria apenas um homem do futebol, que teve experiências somente em clubes franceses. Durante a II Guerra Mundial, foi chamado ao exército e acabou por ser detido pelas tropas nazis. Foi prisioneiro de guerra durante três anos, mas sobreviveu para contar as voltas que a sua vida deu desde que nasceu no longínquo dia invernoso de 10 de Dezembro de 1907.

Viria a falecer a 11 de Abril de 2005. Tempo suficiente para o antigo internacional francês por dez ocasiões ter a oportunidade de ver o seu país sagrar-se campeão da Europa em 1984 e em 2000 e, ainda, campeão do Mundo em 1998, em pleno Stade de France.

Nessa final de Paris, de resto, só um jogador dessa equipa de 1930 marcou presença. Foi Lucien Laurent.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Canales Deportes y Películas

««« SAT TOTAL REPLAY »»»

Arquivos do BLOG

CANAL SAPO VÍDEOS

Atualize por e-mail