Pesquisa personalizada

TV e VÍDEO

««« DOIS CLIQUES PARA ASSISTIR EM TELA CHEIA »»»

Atualização nos Satélites

Dica

:- SE OS VÍDEOS ESTIVEREM TRAVANDO, ASSISTA EM TELA CHEIA !!!!

«« RTP Internacional - PORTUGAL »»





















































segunda-feira, 9 de julho de 2012

Webber passa Alonso no fim e vence com Massa em quarto


O australiano Mark Webber acirrou a briga pela primeira colocação no Mundial de Fórmula 1, ao vencer neste domingo o Grande Prêmio da Inglaterra da categoria. Largando da segunda colocação, o piloto da Red Bull manteve bom ritmo durante toda a prova, ultrapassou o espanhol Fernando Alonso a quatro voltas do fim e recebeu a bandeira quadriculada em Silverstone.
Para conseguir sua segunda vitória no ano, Webber foi beneficiado pelo bom desempenho de seu carro com os dois tipos de pneus para pista seca, enquanto Alonso caiu de rendimento com os compostos macios, que utilizou na parte final de corrida.
Companheiro do australiano na Red Bull, o alemão Sebastian Vettel completou o pódio em Silverstone. O brasileiro Felipe Massa fez sua prova mais eficiente em quase dois anos na F-1 e acabou na quarta colocação. O resultado é o melhor do ferrarista desde o Grande Prêmio da Coreia do Sul de 2010, em que ele foi o terceiro. Ele não figurava entre os cinco ponteiros de uma corrida desde o GP do Brasil de 2011.
O finlandês Kimi Raikkonen e o francês Romain Grosjean, ambos da Lotus, completaram a lista dos seis primeiros em Silverstone. O brasileiro Bruno Senna conseguiu mais uma vez aparecer na zona de pontuação, encerrando o GP da Inglaterra em nono.
O resultado deste domingo diminui a diferença de Alonso na liderança do Mundial de Fórmula 1. Alonso segue na ponta, agora com 129 pontos, mas Webber aparece na segunda colocação com apenas 13 pontos de desvantagem. O alemão Sebastian Vettel é o terceiro, com 100. A próxima etapa da F-1 é o Grande Prêmio da Alemanha, em 22 de julho, no circuito de Hockenheim.

A prova

 A corrida em Silverstone começou agitada e com pista seca. Fernando Alonso fez manobra agressiva para defender sua posição do australiano Mark Webber na largada e Felipe Massa ganhou o lugar de Sebastian Vettel, pulando para a quarta colocação. Ele chegou atacar o alemão Michael Schumacher pelo terceiro posto, mas não ultrapassou o heptacampeão mundial.

Bruno Senna também começou bem sua corrida na Inglaterra. Saindo da 13ª colocação, ele ganhou cinco postos e foi para oitavo, mas depois caiu para décimo.
Massa precisou lutar para defender o quarto posto de Sebastian Vettel, que tentou a ultrapassagem duas vezes ainda na primeira volta e só não teve sucesso pelas boas defesas do brasileiro. Com bom ritmo, o ferrarista se aproximou de Schumacher novamente, mas teve dificuldades para realizar a ultrapassagem. Na 11ª volta, no entanto, uma bela manobra garantiu o terceiro posto ao paulista.
A movimentação nos boxes para as primeiras trocas de pneus começou entre o 11º e 12º giros em Silverstone. Sergio Pérez e Pastor Maldonado pararam juntos e na briga por posição após retornar à pista se chocaram. Massa realizou seu pit stop na 14ª volta, colocando pneus duros, e voltou em décimo, à frente de Schumacher, mas atrás de Vettel. Quando a primeira rodada de trocas de pneus foi completada, o brasileiro ficou em quarto.
Alonso, que largou com pneus duros, parou nos boxes na 16ª volta e retornou à pista com o mesmo tipo de composto. O espanhol manteve bom ritmo e demorou pouco para retomar a primeira colocação, após bonita briga com Lewis Hamilton, que ainda não tinha realizado seu pit stop.
A prova seguiu sem maiores emoções até o 32º giro, quando Vettel parou nos boxes para sua segunda troca de pneus e mais uma vez optou pelos compostos duros, contando com o bom trabalho da Red Bull. Felipe Massa ficou na pista por mais quatro voltas antes de realizar novo pit stop e chegou a ocupar a segunda colocação quando Webber foi aos boxes. Quando finalmente trocou pneus, o brasileiro voltou ao quarto posto.
Alonso, que aparentava dominar com tranquilidade a corrida, viu sua vantagem diminuir quando Webber voltou do pit com ritmo rápido. O espanhol manteve a ponta após sua parada, mas ficou mais lento com pneus macios e passou a ser pressionado pelo australiano, que intensificou seus ataques nas últimas cinco voltas da corrida.
Quando faltavam quatro voltas, Webber aproveitou o melhor desempenho de sua Red Bull e ultrapassou Alonso com bela manobra para em seguida abrir vantagem na ponta e garantir a vitória. O finlandês Kimi Raikkonen ainda pressionou Massa para tentar buscar a quarta colocação, mas o ferrarista conseguiu defender seu posto.  

Veja a classificação do GP da Inglaterra de Fórmula 1:

1: Mark Webber (AUS/Red Bull)
2: Fernando Alonso (ESP/Ferrari)
3: Sebastian Vettel (ALE/Red Bull)
4: Felipe Massa (BRA/Ferrari)
5: Kimi Raikkonen (FIN/Lotus)
6: Romain Grosjean (FRA/Lotus)
7: Michael Schumacher (ALE/Mercedes)
8: Lewis Hamilton (ING/McLaren)
9: Bruno Senna (BRA/Williams)
10: Jenson Button (ING/McLaren)
11: Kamui Kobayashi (JAP/Sauber)
12: Nico Hulkenberg (ALE/Force India)
13: Daniel Ricciardo (AUS/Toro Rosso)
14: Jean-Eric Vergne (FRA/Toro Rosso)
15: Nico Rosberg (ALE/Mercedes)
16: Pastor Maldonado (VEN/Williams)
17: Heikki Kovalainen (FIN/Caterham)
18: Timo Glock (ALE/Marussia)
19: Charles Pic (FRA/Marussia)
20: Pedro de la Rosa (ESP/HRT)
21: Narain Karthikeyan (IND/HRT)
Não completaram
Sergio Pérez (MEX/Sauber) -
Paul Di Resta (ESC/Force India)
Vitaly Petrov (RUS/Caterham)

Sem comentários:

Enviar um comentário

Canales Deportes y Películas

««« SAT TOTAL REPLAY »»»

Arquivos do BLOG

CANAL SAPO VÍDEOS

Atualize por e-mail