Pesquisa personalizada

TV e VÍDEO

««« DOIS CLIQUES PARA ASSISTIR EM TELA CHEIA »»»

Atualização nos Satélites

Dica

:- SE OS VÍDEOS ESTIVEREM TRAVANDO, ASSISTA EM TELA CHEIA !!!!

«« RTP Internacional - PORTUGAL »»





















































sábado, 11 de janeiro de 2014

A Anotomia do Cardsharing

http://www.policia.es/prensa/20101228_1.html


'Card sharing' é uma técnica que consiste em compartilhar um ou mais cartões codificados, geralmente de operadoras de T.V a cabo ou satélite, entre vários usuários utilizando uma rede de computadores, em especial a internet. Apesar de bem disseminado no continente europeu, seu uso está restrito ao underground hacker e é uma medida ilegal na maioria dos casos, utilizada para acessar canais de T.V por um baixo custo. Não se trata de um sistema em que são partilhadas as imagens ou o sinal de satélite ou cabo, mas apenas os dados de decodificação do cartão. O card sharing representa a maior ameaça ao modelo atual de T.V paga, sendo responsável por grandes prejuízos às operadoras e empresas que fornecem a criptografia utilizada nestes sistemas.
 
O cardsharing começou a ganhar adeptos depois de terem sido desenvolvidos mecanismos que exploram a impossibilidade de retorno das transmissões de canais de TV pagos por satélites. No caso de Portugal, as redes de cardsharing tiram partido da constelação do Satélites HISPASAT para disponibilizar acessos aos pacotes de canais dos maiores operadores portugueses.
 
Estas redes ilegais têm por epicentro um ou mais servidores que distribuem códigos de acesso às transmissões de satélite.
 
Estas transmissões piratas exigem que o "cliente final" tenha uma antena de captação de emissões de satélite, um acesso à Net e uma box alterada que corre um software pirata.
 
Através do acesso à Net, a box pirateada recebe os códigos que permitem conectar-se às transmissões de satélite.
 
No mercado pirata, a adesão a uma rede de cardsharing tem um custo mensal de 5 a 10 euros. A estes valores poderá juntar-se ainda o custo de aquisição de equipamentos.
 
Tanto a criação da rede como a adesão ao serviço são consideradas práticas criminosas pela lei atual. A fiscalização torna-se mais difícil, devido ao fato de os receptores de satélite não serem muito diferentes dos usados em serviços.
 
Há ainda a suspeita de que algumas marcas de boxes que são importadas já com o software pirata instalado.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Canales Deportes y Películas

««« SAT TOTAL REPLAY »»»

Arquivos do BLOG

CANAL SAPO VÍDEOS

Atualize por e-mail